26.02.2019 Como esterilizar potes e garrafas de vidro

Independente da forma que escolher para esterilizar seus potes e garrafas, retire os rótulos daqueles que estiverem sendo reaproveitados (reciclados) e lave muito bem com detergente e água quente, prestando atenção nos cantinhos internos e na rosca da tampa, que podem ter uma sujeirinha mais difícil de soltar. Se não tiver água aquecida na pia, esquente em uma panela. Verifique também se não há rachaduras nos vidros ou ferrugens nas tampas metálicas. Caso encontre, é melhor descartar. Não se esqueça de enxaguar bem para remover todo o detergente.

Deixe escorrer sobre uma superfície forrada com papel-toalha ou um pano de algodão muito limpo (isto aqui abre margem para que alguém julgue um pano “mei limpo” como limpíssimo, por isso recomendo mesmo o papel-toalha). Também é possível usar um escorredor de louças, mas ele teria que estar livre de bactérias e isso pode dar bastante trabalho (talvez esterilizar o escorredor no forno seja uma boa opção – se for de um material resistente ao calor, obviamente! Depois não pode ter contato com nada que não esteja igualmente estéril).

Fonte › https://socorronacozinha.com.br/como-esterilizar-potes-e-garrafas-de-vidro/

26.02.2019 Como Facilitar a Abertura da Tampa de um Vidro de Azeitonas

Algumas pessoas sofrem na cozinha ao tentar preparar condimentos que possuem em sua composição a requisitada azeitona. O sofrimento citado está relacionado à dificuldade em abrir o vidro no qual as azeitonas se encontram acondicionadas.

Ao tentar abrir o vidro de azeitonas e não conseguir, recorra aos conhecimentos voltados à dilatação térmica dos sólidos, pois com eles você facilitará a sua vida na cozinha.

O recipiente que acondiciona as azeitonas e a tampa do mesmo são feitos de materiais diferentes, vidro e metal respectivamente.

A solução desse problema consiste em saber que o coeficiente de dilatação do metal é maior que o do vidro. Pois ao impor uma variação de temperatura de maneira que a tampa venha a ser suavemente aquecida, a mesma irá dilatar e o vidro também (pois se encontram juntos), como o coeficiente de dilatação dos metais são maiores que os dos vidros, a dilatação da tampa será maior e por consequência sua abertura se tornará facilitada.

Trocando em “miúdos”, basta aproximar a tampa do vidro a uma chama do fogão (não é interessante que encoste) por alguns segundos, pronto! Agora é só tentar abrir, que estará mais fácil que inicialmente.

Fonte › https://brasilescola.uol.com.br/fisica/como-facilitar-abertura-tampa-um-vidro-azeitonas.htm

26.02.2019 Embalagens preservam os nutrientes, mas pedem cuidados na hora da compra

Nas prateleiras do mercado, o que não falta são embalagens. De plástico fosco ou transparente, vidro, alumínio, aço, papelão ou feita com outros materiais, é difícil saber qual conserva melhor cada tipo de alimento. Algumas têm como pilar a praticidade, como os biscoitos em embalagens individuais, enquanto outras prezam mais pela apresentação, como por exemplo, o azeite envasado na embalagem de vidro que fica na mesa durante as refeições. Em comum, todos os tipos precisam garantir que o alimento ali conservado será consumido em perfeitas condições.

"A embalagem é pensada para manter a integridade total do alimento desde a sua distribuição até o final do prazo de validade", explica a diretora executiva da Associação Brasileira de Embalagem (ABRE), Luciana Pellegrino. Segundo ela, a embalagem está atrelada diretamente a questão de saúde pública, sendo responsável por preservar a qualidade nutricional dos alimentos e o seu frescor.

O problema é que as embalagens também escondem seus mistérios. Como saber, por exemplo, que tipo de embalagem é melhor para conservar carnes? Ou então, o que aponta que uma embalagem pode trazer perigos à saúde do nosso organismo? Isso mesmo, de protetoras de alimentos, elas podem agir como verdadeiras guardiãs de fungos e bactérias, causando prejuízos enormes ao organismo. A primeira dica a gente entrega já: nunca compre alimentos que estejam em uma embalagem rompida! "No momento em que a embalagem foi aberta, o produto lá dentro já está em processo de degradação", alerta Luciana Pellegrino. Hoje em dia, o lacre está cada vez mais visível para que o consumidor repare se ele está rompido. Além disso, verifique sempre a data de validade dos produtos.

Fonte › https://www.minhavida.com.br/alimentacao/galerias/16463-embalagens-preservam-os-nutrientes-mas-pedem-cuidados-na-hora-da-compra

26.02.2019 Conservas: invista nesse modo prático de guardar alimentos

á tempos que fazer conservas deixou de ser apenas um meio de guardar alimentos e passou a ser também uma forma de presentear pessoas queridas com algo saboroso. Guardar alimentos em conservas também é uma alternativa para guardar aquela fruta ou legume da época. Além de ser uma ótima opção para comer e servir para as visitas, afinal, quem recusa uma boa conserva (ainda mais se você mesmo tiver feito)?

O processo de fazimento da conserva é quase sempre simples, o grau de dificuldade vai depender do tipo de conserva que deseja fazer, mas mesmo as mais elaboradas podem ser feitas por qualquer pessoa com conhecimentos básicos de culinária.

As opções de conserva são infinitas e existem várias receitas e tutoriais na internet, em uma busca rápida é possível encontrar receitas de conversa de limão, de ovos de codorna, de picles, de cebola roxa, de pepino, sardinha, pimenta e muito mais, a lista é realmente interminável e, além das receitinhas, você também encontra cursos que ensinam desde a produção até como vender essas delícias.

Fonte › https://www.eduk.com.br/blog-gastronomia-e-ponto/conservas/

Newsletter acompanhe
a metalcap

Cadastre-se em nossa newsletter,
e tenha conteúdo e promoções
exclusivas em primeira mão